FORD CARGO COM FREIO ABS

11/04/2013 17:54

A partir de janeiro de 2014 todos os veículos produzidos ou importados para o Brasil somente poderão ser comercializados se estiverem com a tecnologia antitravamento dos freios conhecida pela sigla ABS. Até lá, a Ford resolveu disponibilizar como um equipamento opcional para a linha de caminhões Cargo composta de modelos leves, médios e pesados e com tração 4x2, 6x2 e 6x4.

Segundo Silvia Lombriller, supervisora de Freios da Ford e coordenadora do Comitê de Freios da ABNT, nos mercados mais avançados o ABS é item obrigatório nos caminhões há 20 anos. “No Brasil ainda existem alguns mitos em torno do sistema, por falta de conhecimento. Há uma falsa ideia de que o ABS tenha uma eletrônica complexa e exija manutenção frequente ou possa comprometer a eficiência do freio caso haja alguma falha”, explica.

O ABS, segundo a técnica da montadora, tem um funcionamento relativamente simples, não requer manutenção preventiva e é muito seguro. “Um benefício interessante para os frotistas é a economia de pneus, porque o sistema reduz o desgaste irregular por travamentos", diz. Para ela, o investimento feito no equipamento é plenamente justificado, principalmente tratando-se de veículos pesados, em que os acidentes envolvem um potencial grande de danos.

Tecnologia

O sistema ABS é formado basicamente por uma central eletrônica, sensores de roda e válvulas moduladoras. Os sensores fazem a leitura individual da velocidade de cada roda e, usando como parâmetro uma roda dentada, informam à central eletrônica se uma das rodas travar. O equipamento aciona então as válvulas moduladoras que controlam a pressão das câmaras de freio para evitar o travamento de forma pulsante.

O ABS não requer manutenção preventiva e, caso haja qualquer falha, uma luz se acende no painel alertando o motorista para que seja feita a correção. Isso não traz nenhuma interferência no funcionamento do sistema convencional de freios de serviço.
Marcos Villela / Ligia Cruz

fonte site transportemundial.com.br