Caminhão usado: Ford Cargo 815

11/01/2013 14:11

Saiu de linha para dar lugar ao Cargo 816, mas não das ruas. Vira e mexe, algum Ford 815 cruza o caminho, transportando cargas mais leves ou guinchando algum carro que precisou de uma ajudinha. Essa versão do Cargo está presente em muitas revendas independentes e concessionárias justamente por causa de sua boa aceitação e de seu valor mais acessível, na faixa de R$ 70 000. A confiabilidade do trem de força, com motor Cummins e transmissão Eaton, são fatores que garantem uma vida mais longa ao Cargo.
“O comércio do Ford 815 é muito bom. Apesar de a manutenção ser um pouco complicada, quando falamos de motor, que é caro”, comenta Luciano Oliveira, do setor de compras da Ravel Caminhões, de Curitiba, PR. “Mas por ser simples a sua operação e ser um veículo fácil de manobrar – graças à cabine pequena, frontal, fácil de estacionar, o Cargo 815 está na lista dos procurados”, opina.
E procurado para as mais diversas operações, já que pode ser uma opção para trafegar nas regiões urbanas, cujas restrições impostas impendem caminhões de grande porte circular.
Na Ravel Caminhões, este é um modelo de fácil venda. “Dessa categoria de caminhões leves, o Ford 815 é o mais fácil de sair do pátio em relação aos das outras marcas. Apesar de algumas pessoas se assustarem com alguns valores de peças, é um ótimo caminhão. O próprio valor influencia na saída ou não do pátio. O maior problema, atualmente, fica por conta dos bancos. O financiamento não está lá grandes coisas, há uma grande burocracia, que exige uma série de documentos e ficha completamente limpa para o sinal verde ser dado”, explica Ademir Pereira Filho, vendedor.
Em outras revendas, modelos mais
recentes, como um 2010, ofertado pela EDMAQ, em Santa Catarina, atingem um patamar de
R$ 115 000. Poucos passam desse valor.
A questão é esperar o momento certo e ter todas as documentações em dia para conseguir um bom financiamento.
Vendido até o dia 31 de março, prazo limite para as montadoras desovarem seus caminhões Euro 3 para as concessionárias, o Ford 815 fez sucesso enquanto esteve em produção.
Foram vendidas, em 2010, 4 400 unidades do Cargo e em 2011, 5 300. A manutenção, fator importante para quem planeja comprar o veículo, não é tão ruim assim. Como acabou de sair para dar espaço a uma versão mais moderna, as peças podem ser facilmente encontradas.
“O custo-benefício do Ford 815 é ótimo, o preço das peças fica entre 30% e 40% mais em conta”, explica Márcio Silva, vendedor da revendedora de peças Ford Truck.
A facilidade de encontrar os componentes deste caminhão influencia na escolha do consumidor. “Os caminhões das demais marcas, em minha opinião, são mais fáceis de comprar, mas o problema entra na reposição de peças”. Silva explica, ainda, que os componentes são facilmente encontrados em revendas independentes.
O Ford Cargo 815 é equipado com motor Cummins Interact 4 com potência de 150 cv a 2 500 rpm e torque de 56 mkgf a 1 500 rpm. Com 4 cilindros em linha, o sistema de injeção eletrônico é common rail. Sua transmissão Eaton modelo FSO-4405-C é mecânica de 5 marchas mais a ré.
O PBT (Peso Bruto Total) do leve é de 8 250 kg, e seu CMT (Capacidade Máxima de Tração) é de 11 000 kg.
Marcos Villela
fonte
http://transportemundial.terra.com.br/index.asp?codc=2024